Dona Fifi aos 19 anos.

Apostilas eletrônicas de Dona Fifi


Dona Fifi (Maria Efigênia Gomes de Alencar), filha de rica família de Sobral, foi mandada a Viena, no comecinho da década de 30, para estudar piano com um famoso maestro. Quiseram os fados, porém, que ela conhecesse e se enamorasse de um certo Max, físico e boêmio de prestígio na cidade. O romance não prosperou, mas, a moça tomou gosto pela ciência e acompanhou, in loco, o desabrochar da Mecânica Quântica na Europa. Voltou ao Brasil às vésperas da Segunda Guerra, casou, enviuvou, e teve nove filhos, vinte e dois netos e oito bisnetos. Nunca perdeu o interesse pela ciência e, durante muitos anos, manteve uma intensa correspondência com alguns figurões que conheceu nessa época. Com o tempo, esses correspondentes foram desaparecendo, infelizmente.

Dona Fifi faleceu recentemente aos 99 anos em seu sítio na Meruoca. Tivemos a sorte de receber, de uma de suas filhas, um farto conjunto de textos que ela deixou e que estamos editando para continuar publicando como novas Apostilas. .


Algumas das pessoas nessa foto foram correspondentes de Dona Fifi

Veja, abaixo, a lista de apostilas de Dona Fifi que já publicamos. Esteja atento, pois novas apostilas deverão ser publicadas em breve.


Apostilas sobre as mitocôndrias.

Apostilas sobre a longevidade.

Apostilas sobre o número F e a série de Fibonacci.

Apostilas sobre as geometrias não-euclidianas.

Apostilas sobre os raios cósmicos.

Apostilas sobre Marie Curie, Lise Meitner e a radioatividade.

Apostilas sobre datação isotópica.

Apostilas sobre a origem dos elementos.

Apostilas sobre 100 Anos do Prêmio Nobel de Física.

Apostilas sobre os nêutrons.

Apostilas sobre os neutrinos.

Apostilas sobre a entropia.

Apostilas sobre a curvatura de Gauss.

Apostilas sobre a Relatividade Geral.