SEARA DA CIÊNCIA
CURIOSIDADES DA FÍSICA
José Maria Bassalo


Blackett, Occhialini e a Confirmação da Descoberta do Pósitron. .
Em 1933 (Proceedings of the Royal Society of London A139, p. 699), os físicos, o inglês Patrick Maynard Stuart Blackett (1897-1974; PNF, 1948) e o italiano Giuseppe Pablo Stanislao Occhialini (1907-1993) realizaram uma experiência na qual confirmaram a existência do pósitron () que havia sido descoberto pelo físico norte-americano Carl David Anderson (1905-1991; PNF, 1936), em 1932. A experiência que realizaram no Cavendish Laboratory, é hoje conhecida como produção de pares: . Logo que eles acabaram a experiência, Occhialini foi à casa do físico neozelandês, o Barão Ernest Rutherford (1871-1937; PNQ, 1908), que era o Diretor desse Laboratório, para comunicar-lhe a grande novidade. Ao ser recebido pela empregada da casa, Beppo (como era conhecido Occhialini) deu-lhe um beijo. Quando Rutherford viu a fotografia da experiência, deu-lhe um cheque de 50 libras, pois Beppo, nessa época, se encontrava em dificuldades financeiras. Registre-se que Occhialini e os físicos, o inglês Sir Cecil Frank Powell (1903-1969; PNF, 1950) e o brasileiro Cesare Mansuetto Giulio Lattes (1924-2005), descobriram o méson pi (p), em 1947.