SEARA DA CIÊNCIA
CURIOSIDADES DA FÍSICA
José Maria Bassalo


Napoleão, Laplace, Lagrange e Deus. .
Contam os historiadores que quando o Imperador francês Napoleão Bonaparte (1769-1821) cruzava o Mediterrâneo em sua famosa expedição ao Egito (1798-1799), o grande astrônomo e matemático francês Pierre-Simon, Marquês de Laplace (1749-1827), deu-lhe de presente um exemplar de seu famoso Traité de Mécanique Céleste, cujo primeiro volume fora publicado em 1798. (Registre-se que esse Tratado, composto de 5 volumes, foi completado em 1827). Dias depois, ainda segundo os historiadores, Napoleão queixou-se a Laplace por não haver encontrado nenhuma referência a Deus, ao que Laplace teria retrucado: Majestade, não tive necessidade dessa hipótese. Ao saber desse episódio, o astrônomo e matemático franco-italiano Joseph-Louis, Conde de Lagrange (1736-1813), comentou: Mas essa hipótese é maravilhosa. Ela explica tantas coisas. Note-se que nessa sua obra, Laplace demonstrou matematicamente a lei do inverso do quadrado da distância da gravitação Newtoniana, assim como a estabilidade do sistema Solar. Provavelmente, por isso, ele teria dado aquela resposta a Napoleão.