SEARA DA CIÊNCIA

RENÉ DESCARTES

René Descartes nasceu em 31 de Março de 1596 na cidade francesa de La Haye que hoje tem seu nome e morreu em Estocolmo, na Suécia, em 11 de Fevereiro de 1650. Descartes foi um dos mais influentes filósofos de seu tempo mas deu contribuições fundamentais à Física e à Matemática.

Em 1628, Descartes mudou-se para a Holanda onde encontrou um ambiente de liberdade e tolerância que propiciou grande progresso a seus trabalhos. Lá, em 1637, publicou sua obra mais conhecida e estudada, o "Discurso do Método". Embora de conteúdo principalmente filosófico, esse livro contém três apêndices que influenciaram enormemente as áreas da ciência a que se referiam. Um deles, a "Dioptrica", trata da ótica e dos fenômenos luminosos, inclusive com uma explicação do arco-íris. Outro, "Os Meteoros", praticamente inaugurou a disciplina da meteorologia. E o terceiro, a "Geometria", introduziu o que hoje é conhecido como "Geometria Analítica", uma fusão da geometria com a álgebra que se constituiu, a partir de então, peça fundamental do trabalho matemático. As "coordenadas cartesianas" são conhecidas e usadas por todo estudante de matemática.

Em 1644, Descartes publicou seus "Princípios Filosóficos", onde apresenta suas opiniões sobre a mecânica e sobre a astronomia. Descartes não aceitava a chamada "ação a distância" e tentou explicar o movimento dos astros através de um complicado sistema de vórtices que foi abandonado mais tarde, quando Newton apresentou sua teoria da gravitação universal.

Em 1649, aceitou o convite da rainha Cristina da Suécia e mudou-se para Estocolmo. Tendo de acompanhar a rainha em passeios filosóficos que começavam de madrugada acabou sucubindo ao frio sueco e morreu de pneumonia.