SEARA DA CIÊNCIA

HANS KREBS

Nasceu em Hildesheim, Hannover, Alemanha em 25 de julhode 1900 e faleceu em Oxford, Inglaterra em 22 de novembro de 1981.

Formou-se em Medicina em 1925 na Universidade de Hamburgo e foi assistente de Oto Warburg de 1926 a 1930.

Foi o primeiro a observar que o processo de desaminação dos aminoácidos era o passo inicial para seu uso na produção de energia e que a amônia resultante era eliminada na forma de uréia. Em 1932, em colaboração com o bioquímico Kurt Henseleit, identificou o conjunto de reações químicas conhecidas posteriormente como ciclo da uréia, no fígado.

Por ser judeu, sua vida na Alemanha de Hitler tornou-se um problema. Em 1933 foi para Inglaterra (Cambridge) e em 1934 foi para a Universidade de Oxford onde trabalhou até sua morte.

Continuou os trabalhos Carl y Gerty Cori sobre a hidrólise do glicogênio e a conseqüente geração de ácido láctico. Usando músculo peitoral de pombo, integrou os elementos reconhecidos do processo num único esquema coerente conhecido como ciclo do ácido cítrico ou ciclo de Krebs. Esta descoberta lhe rendeu o Prêmio Nobel de Fisiologia e Medicina em 1953.

Em 1958 foi condecorado Cavaleiro da Rainha (Sir).