SEARA DA CIÊNCIA


FLUIDOS
A lei de Boyle.

Objetivo

Ilustrar a lei de Boyle, uma das leis fundamentais dos gases.


Descrição

Uma demonstração simples da lei de Boyle utiliza um tubo de vidro ou plástico transparente em forma de U, preso a um suporte vertical. Coloque água até que os níveis nos dois lados fiquem iguais e um pouco acima da parte horizontal do tubo. Amarre um balão pequeno de aniversário em uma das pontas do tubo. Prenda o balão sem ar com o dedo e coloque mais água na outra ponta. O nível da água sobe desse lado. Ponha água até quase a borda.
Retirando o dedo, o ar entra no balão que enche um pouco. Isso indica que a pressão no lado do balão é maior que a atmosférica. Adicionando mais água na ponta aberta faz o balão encher um pouco mais.


Análise

Segundo a lei de Boyle, o volume de um gás a temperatura constante varia inversamente com a pressão. Matematicamente, PV = constante, quando T = constante. Essa experiência ilustra essa lei de forma qualitativa.


Material

Um tubo de vidro ou plástico transparente, em forma de U.
Um balão de aniversário, dos pequenos.
Uma prancha de madeira para servir de suporte.
Água colorida com pigmento de comida.


Dicas

Use água colorida com pigmento de comida para que a diferença de níveis fique mais visível.
O balão deve ser pequeno e, antes de usá-lo na experiência, encha-o e esvazie-o algumas vezes para que fique mais elástico.
Tente bolar um jeito de fazer essa experiência quantitativa. Para isso, precisará uma forma de medir o volume do balão e anotar esse valor para vários níveis da água no lado aberto do tubo.
Você pode usar tubos de plástico transparente e fazer o U com dois cotovelos.