SEARA DA CIÊNCIA


QUÍMICA

COLA DE CASEÍNA

Objetivo

Preparar cola utilizando leite como matéria prima.


Descrição

O leite de é composto de 87,1% de água, 3,4% de proteínas, 3,9% de gordura, 4,9% de carboidratos (açúcares) e 0,7% de sais minerais, além de várias vitaminas. É importante salientar que o leite, apesar de líquido, apresenta uma quantidade menor de água em sua composição que muitos vegetais como o chuchu (91,5%), a melancia (93,9) e o pepino (95,5%) que são sólidos. Esta composição torna o leite um dos alimentos mais ricos nutricionalmente. A gordura está presente como emulsão de pequenos glóbulos, a maior parte das proteínas estão na forma de uma suspensão coloidal e o resto dos componentes está realmente dissolvido formando uma solução. As proteínas são macromoléculas constituídas de unidades de aminoácidos. A caseína é a principal proteína presente do leite (cerca de 80% de todas as proteínas).


Material

2 béqueres de 200mL.
1 proveta de 50mL.
30mL de vinagre (ácido acético).
1 pedaço de pano de aproximadamente 30cm x 30cm;( malha de algodão dá bons resultados).
1g de bicarbonato de sódio (NaHCO3).
125mL de leite desnatado.
Bastão de vidro ou palito de sorvete.
Papel toalha ou jornal
Observação: O béquer pode ser substituído por um copo de vidro e a pipeta por seringa descartável.


Procedimento

Adicione 30mL de vinagre nos 125mL de leite desnatado e agite bem com o bastão de vidro ou palito de sorvete.

Coloque o pedaço de pano sobre o segundo béquer e coe a mistura de caseína e soro obtidos. Este procedimento é lento e pode ser acelerado se pequenas quantidades da mistura forem adicionadas, sempre com a posterior retirada da caseína.

As porções de caseína (quase secas) devem ser colocadas sobre um pedaço de papel toalha ou jornal para que a umidade da massa obtida seja reduzida.

Após a separação da caseína, que deverá ter uma consistência semelhante a de um queijo cremoso, adicione o bicarbonato de sódio e misture bem até se obter uma mistura homogênea. Acrescente 10ml de água e agite até que toda a massa seja dissolvida.


Análise

A caseína é bastante solúvel em água por se apresentar na forma de um sal de cálcio. Sua solubilidade é fortemente afetada pela adição de ácidos que, pela redução do pH, que reduz a presença de cargas na molécula, que leva a precipitação. Esta redução de pH provoca a perda do cálcio, na forma de fosfato de cálcio, que é eliminado do soro.

Como a caseína se tornou insolúvel em água ao adicionarmos o vinagre, precisamos dissolvê-la para podermos usá-la como cola. Para se tornar a caseína solúvel novamente (pelo menos o suficiente para se obter uma pasta), nós devemos neutralizar o ácido adicionado com bicarbonato de sódio, que é uma base. Observa-se uma liberação de bolhas. Essas bolhas são o resultado da reação do ácido acético contido no vinagre e o bicarbonato de sódio. O gás liberado é o CO2(gás carbônico).

A adição de bicarbonato de sódio leva também à formação da caseína de sódio, que tem propriedades adesivas, além de eliminar resíduos de ácido do vinagre. Utilize pequenos pedaços de madeira ou de papel para testar a sua cola. O resultado poderá ser observado em alguns minutos. Divida a cola restante em duas porções e armazene em frascos com tampa. Em um deles, adicione algumas gotas de merthiolate incolor. Feche e agite. Guarde os dois frascos por quinze dias (não coloque em geladeira) e após este período, abra-os e observe. Teste a cola que foi conservada com merthiolate e verifique se ela mantém propriedades adesivas.