A Seara da Ciência e as recentes conquistas em olimpíadas de Astronomia

29 de October de 2019

Por Heliomárzio Rodrigues Moreira

Treinamento e parceira somados à dedicação são transformados em bons resultados. O Observatório Astronômico Ferruccio Ginelli, na Seara da Ciência, é um lugar onde essa equação resulta em boas colocações para o Brasil em olimpíadas internacionais de Astronomia, formando uma constelação de jovens talentos na Astronomia.

A equipe brasileira conquistou quatro medalhas de ouro e uma de prata na XI Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica, ocorrida em Puebla, México, de 20 a 26 de outubro último. A olimpíada era composta de provas teóricas individuais e de grupo, provas observacionais de céu e telescópio, prova de planetário e competição de lançamento de foguetes.

Três estudantes do Ceará fazem parte dessa conquista: Sarah Leitão Melo, com medalha de ouro e o prêmio de Melhor Prova Teórica de Grupo; Bismarck Moreira Ramos de Vasconcelos Filho, medalha de ouro e prêmio de Melhor Prova Observacional; Caio Nascimento Balreira, Medalha de ouro e prêmio de Melhor Prova Teórica Individual. Os outros componentes da equipe brasileira foram Fabrizio Melges Ferro de Mairiporã (SP), com Medalha de ouro e Gabriel Oliveira Mota de Montes Claros (MG), com Medalha de prata.

Os medalhistas da olimpíada de Astronomia (os dois de chapéu e a garota).

Eles fazem parte do Grupo de Astronomia da Seara da Ciência, o GAS Interestelar, que reúne estudantes participantes das seletivas para as olimpíadas internacionais de Astronomia com conquistas desde 2017, na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA), com quatro medalhas de bronze e duas menções honrosas e desde 2018, na Olimpíada Latino Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA), com seis medalhas de ouro e premiações de destaque.

Sob a direção do prof. Dr. Ilde Guedes, coordenação do professor Dermeval Carneiro e capitaneado pelos professores Dr. Ednardo Rodrigues e Me. Heliomárzio Moreira (ao lado dos medalhistas na foto), o GAS faz promoções, tais como cursos de Astronomia abertos ao público, Jornada Cearense de Foguetes, visitas programadas ao Observatório Ferruccio Ginelli para a visualização de fenômenos astronômicos importantes, dentre outras atividades de grande importância para o ensino e a divulgação da Astronomia no Ceará.

Unindo o treinamento nos Colégios de origem, no Planetário Rubens de Azevedo, do Instituto Dragão do Mar e a experiência dos professores de Astronomia da Seara auxiliados pelos medalhistas veteranos em olimpíadas nacionais e internacionais, com alguns deles já discentes do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Georgia Tech, UNICAMP, UNB e UFC, estudantes de diversas escolas de Fortaleza têm no espaço da Seara, a acolhida e a parceria ideal para encantar e se deixar encantar com as maravilhas da Ciência do Céu, como dizia o saudoso astrônomo e divulgador científico professor Rubens de Azevedo ao se referir a tão edificante ciência que é a Astronomia.